A História da MPB

O Ressurgimento dos Festivais


     A Partir de 1980, seriam revividos pela Rede Globo os festivais de música popular, que tanto sucesso haviam feito nos anos sessenta e início dos setenta. A reativação dos festivais objetivou trazer ao grande público o que de melhor estava acontecendo na música popular e já em 1980, despontaram Raimundo Sodré, com "A Massa"; Eduardo Dusek, com "Nostradamus"; Amelinha, com "Foi Deus quem fez você", de Luiz Ramalho: Sandra Sá, com "Demônio Colorido"; Fátima Guedes, com "Mais uma boca", entre outros. A campeã "Agonia", de Mongol, lançou o intérprete e também compositor Osvaldo Montenegro. "Porto Solidão", de Zeca Bahia e Gincko, consagrou o cantor Jessé como o melhor intérprete. Nos eventos subsequentes, novos artistas foram lançados, contudo bem poucos parecem conseguir permanecer por muito tempo no agrado do gosto popular.