A História da MPB

Hilário Jovino Ferreira,
o Criador dos Ranchos Cariocas


     A respeito deste, sabe-se que nasceu na Bahia. Transferiu-se para o Rio de Janeiro em 17 de maio de 1872, indo morar no Beco do Inácio, n. 15, na Pedra do Sal, bairro da Saúde. Fez-se sócio do rancho "Dois de Ouros", fundando mais tarde o seu próprio, o "Rei de Ouros", juntamente com Luiz de França, Atanásio Calixto Ferreira, Cleto Ribeiro da Silva, Antônio Marinho da Silva, João da Mocotina, João Câncio Vieira da Silva, e ainda Noela, moça que fizera sucesso nos ranchos baianos. Hilário Jovino Ferreira introduziu no Rio uma novidade: Seu rancho não sairia no dia 6 de janeiro mas sim no carnaval. O sucesso foi enorme, o que deu margem ao surgimento de outros ranchos. O próprio Hilário organizou, com João Ratão e Amélia Zeferina, o "Rosa Branca" e depois o "Botão de Rosa". Em 17 de fevereiro de 1907, era fundado por um grupo de foliões aquele que seria o maior rancho carnavalesco de todos os tempos, o "Ameno Resedá". Esses ranchos desfilavam com o acompanhamento de lindas marchas, a maioria das quais não chegou até nós, infelizmente.